Mídia

Notícias


Forró do Poeirão expressa a diversidade cultural do Araripe

29/01/2019

Por Kátia Rejane

No último sábado (26), aconteceu a quinta edição do Forró do Poeirão, no Restaurante Chico Guilherme, Ouricuri/PE, que este ano homenageou o grande cantor e compositor Sivuca.  No palco do Poeirão, passaram mais de 20 forrozeiros,com um público animado e cheio de energia, estima-se que cerca de 700 pessoas participaram.

Com tema feira de Mangaio, o poeirão inovou com uma feira de artesanatos e agroecológica, onde artesãos e artesãs do município comercializaram seus produtos e agricultores e agricultoras levaram produtos agroecológicos para vender e reafirmar a grandeza da agricultura familiar, pois cultura e agricultura familiar são imprescindíveis para que haja vida digna no Semiárido. As danças e comidas típicas também fizeram parte do cenário cultural. 

 

O idealizador do Forró do Poeirão, o cantor e compositor Tacyo Carvalho, ouricuriense, que ainda muito jovem foi morar com a família Gonzaga no Rio de Janeiro, onde teve a oportunidade no convívio com o Rei do Baião, Luiz Gonzaga, de aprender muito sobre forró e conhecer grandes artistas, se tornou radialista, cantor e compositor. Ficou conhecido como o garotão de Ouricuri, apelido que Luiz Gonzaga lhe deu. Hoje o forrozeiro segue com o forró gonzagueano defendendo a cultural popular nordestina, é integrante da Associação Brasileira de Forrozeiros do Brasil Luiz Gonzaga e está em eventos de resistência e luta da cultura.  

“O Forró do Poeirão surgiu como uma forma de nós que defendemos a cultura nordestina nos encontrarmos de ficar juntos e sermos mais fortes. Com o passar dos anos foi se tornando maior e hoje é esse evento grandioso que conta com o apoio de tanta gente boa”, diz Tacyo Carvalho.

A cada ano o evento se fortalece e assume o papel mais fortemente de mostrar o quanto o forró de Gonzaga é pulsante na vida dos povos do Semiárido. “Essa é a maior prova que o forró autentico está vivo e que não precisa se apequenar, mendigar. Somos grandiosos”, disse Elmo Oliveira, durante a apresentação.

O Forró do Poeirão reúne forrozeiros com mais experiência, alguns que tocaram com Luiz Gonzaga, Domingos e outros grandes mestres da sanfona, como Vital Barbosa, De jesus e Epitácio Pessoa, e jovens que contribuem e garantem a sucessão cultural  como Leninho  de Bodocó, Elmo Oliveira, Fábio Carneirinho e tantos outros que tem servido de inspiração para as próximas gerações que também tem espaço no Poeirão, como é o caso de Raul Sanfoneiro de apenas 12 anos. 

A sexta edição do Forró do Poeirão acontecerá em 2020 e já tem homenageado escolhido, dessa vez será o grande poeta Patativa do Assaré.


Whatsapp