Sobre nós

Sertão do Araripe


O CAATINGA atua diretamente na região do Sertão do Araripe de Pernambuco, que segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) possui 316.862 habitantes, com uma população rural de 163.187 pessoas, pouco mais de 51%, e mais de 28.143 estabelecimentos agrícolas, sendo que cerca de 98% desses são considerados da agricultura familiar.

O espaço agrário do território do Araripe tem origem num regime de ocupação colonial, o que resultou em uma história de subordinação da agricultura camponesa aos regimes de trabalho, uso da terra e dos recursos. É sob esse modelo excludente marcado pelo latifúndio, e pela dificuldade de acesso e posse da terra, que nos últimos 50 anos ocorrem mudanças no espaço agrário no território. Essas mudanças acontecem como resultado de leis, de políticas públicas e de luta de acesso à terra encabeçada por movimentos e organizações sociais.

Já na década de 1980 é que o processo organizativo alcança seu auge no desdobramento da organização social em várias frentes de luta hoje presentes no território. Nesse período surge o Centro de Tecnologias Alternativas (CTA) que origina o CAATINGA – Centro de Assessoria e Apoio aos Trabalhadores e Instituições Não Governamentais Alternativas.

A maior expressão deste conjunto de atores sociais vem sendo capaz de realizar um contraponto a lógica de concentração fundiária, ao modelo de modernização da agricultura no território baseado no uso intenso de venenos e no desmatamento do bioma Caatinga. Este contraponto é construído a partir da ampliação dos espaços de participação, do reconhecimento de novos sujeitos políticos, na luta pelo acesso à terra, à políticas públicas que possibilitem a permanência na terra, do enfrentamento da desigualdade de gênero e para o bem viver no território por meio da Agroecologia e da concepção de convivência com o Semiárido brasileiro.